Barça avisa que não pagará bônus de R$ 96 milhões da renovação de Neymar

Pouco antes de Neymar ser apresentado oficialmente pelo PSG, porta-voz do clube espanhol avisa que brasileiro não receberá o valor combinado quando assinou prorrogação no ano passado

Divulgação Twitter

O Barcelona avisou na manhã desta sexta-feira que não pagará o bônus da renovação de Neymar de 26 milhões de euros (R$ 96 milhões), já que o jogador se transferiu para o Paris Saint-Germain. O valor estava estipulado na renovação do contrato do craque até 2021, assinado no ano passado.

O prazo para o pagamento do bônus era o dia 31 de julho. Porém, como Neymar negociava com o PSG, o clube decidiu depositar o valor em juízo à espera da definição do futuro do brasileiro. Na última quinta, os franceses pagaram a multa rescisória de 222 milhões de euros (R$ 820 milhões) e em seguida anunciaram a contratação do ex-santista, que assinou até 2022.

Na manhã desta sexta, pouco tempo antes da presentação oficial de Neymar pelo PSG em Paris, o porta-voz do Barça, Josep Vives anunciou na Espanha que o clube catalão não fará o pagamento ao brasileiro porque o contrato entre as partes foi rompido.