Cuca diz que “dor da Libertadores” ainda atrapalha o Palmeiras

Técnico lamenta o empate por 1 a 1 com o Vasco, em Volta Redonda

Foto: Divulgação

A partida entre Palmeiras e Vasco, neste domingo, em Volta Redonda, foi válida pela primeira rodada do segundo turno do Campeonato Brasileiro. Mas a Libertadores ainda foi assunto pelos lados do Verdão.

Em entrevista coletiva após o empate em 1 a 1fora de casa, Cuca afirmou que a queda no torneio sul-americano diante do Barcelona de Guayaquil ainda não foi superada pelos alviverdes.

– Por mais que você tente superar, ainda dói a eliminação. Poderíamos ter passado, foi uma fatalidade sair nos pênaltis. Se passa, é tudo maravilha. Se sai, é cobrança e pressão. Nós, que trabalhamos no futebol, temos de saber lidar com isso. Só com trabalho e com resultados que você muda isso – avaliou o treinador.

Depois de um primeiro tempo com apenas uma chance de gol, o Verdão voltou para a segunda etapa no estádio Raulino de Oliveira mais ofensivo. A opção palmeirense com três volantes não funcionou tão bem, e Keno entrou na vaga de Bruno Henrique.

Mesmo sem uma grande atuação, o Verdão abriu o placar com Guerra, mas acabou deixando escapar a vitória aos 42 minutos do segundo tempo, quando Manga igualou o marcador.

– Foi um jogo difícil, contra um adversário que tem jogado com bastante juventude, com força e velocidade. No segundo tempo encaixamos melhor o jogo e poderíamos sair com a vitória. Temos de melhorar nos próximos jogos, a dor da Libertadores vai diminuir e vamos melhorando – avaliou Cuca, novamente citando a eliminação na competição sul-americana.

– O gol do Vasco premiou o time deles pela luta que teve no jogo. Sabemos que poderíamos ter saído com a vitória, principalmente por ter o jogo na mão até os 42 minutos. Em um lance de bola parada, perdemos dois pontos. Na quarta-feira tivemos um jogo com aquela intensidade que vocês viram. Viajamos para cá sem muito tempo para descansar e fizemos uma partida razoavelmente boa. Poderíamos ter vencido no fim. Numa jogada pela direita saímos na frente, tivemos a chance de marcar o segundo depois, não conseguimos e fomos penalizados mais uma vez. No finalzinho, em um escanteio, foi um lance fatal, né? – acrescentou.

Com 33 pontos, o Palmeiras se manteve na quarta posição, mas agora com quatro pontos de vantagem para o rival mais próximo – Sport e Flamengo somam 29. Na próxima rodada, o Verdão recebe a Chapecoense na arena, no próximo domingo, às 19h.