Estado adquire novos rádios comunicadores para penitenciárias

Ao todo são 1.660 rádios comunicadores digitais (modelo P-25), 150 laringofones

Foto: Divulgação DEPEN

O Departamento Penitenciário do Paraná licitou a compra de um sistema que permitirá uma comunicação por rádio mais eficiente e segura dentro das unidades prisionais. O valor da licitação foi de R$ 12,2 milhões e a empresa vencedora foi a Motorola Solutions. A previsão é que os equipamentos sejam entregues nos próximos meses.

Ao todo são 1.660 rádios comunicadores digitais (modelo P-25), 150 laringofones, além de sistema próprio licenciado junto à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Segundo o diretor do Depen, Francisco Caricati, os novos equipamentos serão distribuídos para todo o Estado.

“Adquirimos um equipamento de última geração que será destinado a todas as unidades penais do Estado, para o grupo de intervenção, o SOE, além de todas as nossas centrais de transporte. O Depen agora terá um sistema de comunicação próprio, límpido e eficiente”, afirma Caricati.

Além da comunicação em alto desempenho que possibilitará o contato entre as unidades penais, os equipamentos contam também com sistema de GPS, o que facilitará a localização de viaturas em deslocamento de escolta.

Após a emissão da ordem de fornecimento, o prazo de entrega dos equipamentos é de 120 dias. Em seguida, os agentes penitenciários receberão treinamento para operar o novo sistema de comunicação por rádio.