Menores vandalizam UBS

Segundo relatos de moradores, os menores destelharam o prédio e utilizaram a caixa d’agua como piscina

A Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Álvaro de Abreu teve que suspender o atendimento para a comunidade por conta das ações de menores, que durante o carnaval, vandalizaram o prédio, causando um curto circuito e queimando equipamentos.

Segundo relatos de moradores, os menores destelharam o prédio e utilizaram a caixa d’agua como piscina, provocando vazamento que inundou o interior da UBS, causando danos em equipamentos e a rede elétrica.

“Queria fazer uma denúncia, um descaso que fizeram com posto de saúde daqui. Alguns desocupados, no período de carnaval, invadiram o posto e estragaram a caixa da água, inundando a cobertura, queimando toda a fiação do posto e deixando sem energia. Com isso ficamos sem nosso único médico por que sem luz não há como trabalhar”, desabafou uma moradora que pediu anonimato.

Uma funcionária da unidade fez relato semelhante, assinalando o total comprometimento da UBS, que na situação como ficou, tornou impossível o atendimento à comunidade. Isso levou os funcionários da área de saúde a interromper os trabalhos por absoluta impossibilidade de desenvolver as atividades.