Jovens de Ribeirão do Pinhal vão participar do Festival de Xadrez

O evento, promovido pela Federação de Xadrez do Paraná (FEXPAR), é a maior competição das categorias Sub 08 a Sub 18, no Estado.

Nove enxadristas vão representar Ribeirão do Pinhal no Festival Paranaense de Xadrez, entre os dias 5 e 7 de abril, em São José dos Pinhais. O evento, promovido pela Federação de Xadrez do Paraná (FEXPAR), é a maior competição das categorias Sub 08 a Sub 18, no Estado.

A equipe ribeiro-pinhalense treinada pelos professores Marcos Harada e Rogério Bernardo, é a atual campeã geral por equipes do Circuito Pé Vermelho de Xadrez (CPVX) composta por alunos da Escola Estadual Ruth Martinez Corrêa, Colégio Estadual Hermínia Lupion, Colégio Univérsitas e também da Escola Municipal Nova Carvalho da qual terá o maior número de participantes no Festival.

Segundo o professor Harada os representantes serão João Lucas Cesar de Proença, atual campeão do CPVX e detém a incrível marca de 28 partidas invicto dentro do circuito, vencendo as últimas 5 etapas. Ele é, ainda, o atual vice-campeão paranaense escolar. As irmãs Pereira de Carvalho, Emanuelli, campeã da 1ª etapa do Circuito em 2019, e Ana Caroline que é atual 3ª lugar no Paranaense Escolar.

As alunas Nicolly Fernanda Alves Rodrigues e Ana Julia de Oliveira também vêm se destacando nas competições que participaram, ambas são as campeãs gerais em suas categorias no CPVX. Os alunos Guilherme Fernandez Fraiz Cesar e Cassio Henrique do Nascimento chegam ao Festival como vice-campeões em suas categorias no CPVX. José Carlos D’Oliveira Júnior é o atual campeão do CPVX na categoria sub-16, e vem para o seu primeiro Festival. E a aluna Yasmin Malaquias de Souza que foi a última aluna a se classificar, sendo a caçula da equipe, vai para a primeira participação no Festival Paranaense de Xadrez.

Para o professor Marcos Harada, um dos responsáveis pelo projeto de xadrez, os alunos vão sentir um pouco por ser uma competição diferente e cansativa, mas tem grandes chances. “É uma competição diferente das que os alunos estão acostumados. A modalidade lá será o xadrez pensado (1h30 para cada jogador) podendo uma partida durar até 3 horas. Mas temos alunos experientes que já estiveram no Festival em 2018 e a ideia é de melhorar nossa classificação”, salientou Harada.

O projeto de xadrez entra para o seu quarto ano com o apoio da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação e também do Estado através das Aulas Especializadas de Treinamento Esportivo. “Vale ressaltar também o apoio dos pais e das professoras Rosilene Borges e Luciana Cristina que acreditaram no projeto e sempre estiveram juntas no intuito de fazer crescer o Projeto do Xadrez, acreditando ser uma das ferramentas para o sucesso escolar”, completou Professor Marcos.

O prefeito de Ribeirão do Pinhal, Wagner Martins (PSD), recebeu os enxadristas no gabinete para parabenizar pela dedicação no esporte e desejar boa sorte nessa importante competição. “Acredito que incentivar a prática esportiva é muito importante para o desenvolvimento saudável de nossas crianças e jovens. Por isso, parabenizo o esforço desses alunos e professores. Desejo que alcancem bons resultados na competição, mas acima de tudo saibam que já são vencedores”, enfatizou.

O professor Rogério Bernardo ainda acrescenta que, as vagas conquistadas no Festival Paranaense de Xadrez, promovido pela FEXPAR, são frutos de anos de trabalho e dedicação à modalidade, através da participação em variados torneios na região, sempre contando com o apoio incondicional dos pais e comunidade escolar, contando inclusive com a conquista do 4° lugar do Estado por equipes nos Jogos Escolares do Paraná Fase Final em 2018. Isso sem falar nos inúmeros benefícios da prática do xadrez para o educando.